notícias na rede

Loading...

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A inclusão, a diversidade e a desigualdade na sala de aula

A inclusão, a diversidade e a desigualdade na sala de aula

Este trabalho apresentará os principais pontos de uma situação que hoje atinge as escolas tanto Estaduais, como Municipal e Particular: a Inclusão Escolar. 

A inclusão escolar visa reverter o percurso de exclusão de qualquer natureza e ampliar as possibilidades de inserção de crianças, jovens e adultos em escolas regulares. O movimento mundial por uma educação para todos vem se fortalecendo, sobretudo, a partir das últimas décadas. 

A complexidade que envolve a questão da identidade pessoal, da identidade social e mesmo das identidades nacionais deve-se, em grande parte, à dualidade determinada pela presença ou ausência de participação ativa, dignidade e respeito. Em outras palavras, deve-se às situações de inclusão e exclusão ou marginalização do ser humano enquanto ser que pensa e age. 

A escolha em pesquisar esse tema, A inclusão, A diversidade e a Desigualdade na sala de aula, surgiu através da busca de compreender a democratização do ensino que trouxe um fenômeno incomum aos tempos mais antigos, o advento de uma “escola para todos”. 

Uma escola com oportunidades iguais para “todos”, sem cogitar qualquer tipo de exclusão ou discriminação. Uma escola onde “todos” possam ser beneficiados pela progressão continuada, pela recuperação paralela, pela opção por trabalhos envolvendo projetos. 

Alunos antes excluídos, agora são recebidos de braços abertos pela mesma escola que, antes praticamente, os expulsava. Crianças com necessidades especiais educacionais, e problemas relacionados à disciplina. 

Dentro desse contexto aparece o professor. Até que ponto ele está preparado para o trabalho com essa diversidade? Os cursos de capacitação são suficientes para entender as necessidades dos professores? Como entender essas diferenças e promover a integração e intervenções necessárias ao processo individual de cada criança? 

São muitas as perguntas e nenhuma resposta. Então a partir desses questionamentos que fiz a mim mesmo durante um Seminário de Educação promovido pela Secretaria Municipal de Educação de Jundiaí, ao ouvir as professoras Guiomar Namo de Mello e Denise Vailant, que essas dúvidas surgiram em minha mente. 

A preocupação desse trabalho não é a de responder as perguntas que originaram o problema, mas a de investigar o quê os professores entendem por diversidade, inclusão e desigualdade, além de investigar o quê fazem para lidar com essas diferenças. 

Um dos objetivos, neste estudo, implica em resgatar o sentido da "Educação Especial", ainda que isto possa desagradar aos que se colocam à frente das discussões sobre "Educação inclusiva", já que, diante de "necessidades educacionais especiais", a educação escolar deve responder com situações de ensino-aprendizagem diferentes das organizadas usualmente para a grande maioria dos educandos, ou seja, das situações comuns de ensino ou ensino regular. 

A problemática discutida nesta pesquisa é: A Inclusão, a Diversidade, e a Desigualdade falta de recursos que esses alunos encontram na escola e, a falta de preparo por parte do corpo docente que trabalha com criança com necessidade. 

Essa Monografia será, desenvolvida em três capítulos. 

O primeiro Capítulo “Conceituação e Histórico da Inclusão no Brasil”. 

O Segundo Capítulo, “O papel do Professor na Inclusão Escolar”. 

O terceiro Capítulo será baseado em uma “Pesquisa de Campo com alunos e professores”.

Esta primeira parte refere-se a introdução o restante da monografia será postada posteriormente.

Fonte: AGUIAR, Marcelo Dantas. A Inclusão, a Diversidade e a Desigualdade na sala de aula. Jundiaí, 2010 SP: Organização Educacional Arthur Fernandes – FACCAT Monografia, Orientador: Profª Ms. Liliana Kayakawa



3 comentários:

  1. Olá,
    Meu nome é Luciana.
    Adorei essa sua iniciativa de fazer uma monografia com esse tema. Sou cadeirante e sei como é difícil, nós que temos algum tipo de deficiencia ingressar numa escola, seja ela particular, estadual ou municipal. Porém, graças a Deus, nunca me deparei com essa dificuldade. Nas escolas em que estudei, sempre fui muito incentivada pelos professores e pelos colegas. E graças a todo esse incentivo, pude entrar na faculdade e me formar como Psicóloga.
    Estou aqui a disposição, se precisar de algo. Meu e-mail é prado.lu@gmail.com.
    Abraços, Luciana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Luciana

      Fico muito feliz por você relatar sua experiência de vida bem como sua opinião este espaço está aberto a todos nós e portanto sua participação é extremamente importante para que possamos socializar o conhecimento.

      Abraços, Marcelo

      Excluir
  2. onde esta a continuação desse seu estudo.amei tudo que vc escreveu.me responde por email:duddy.duddy2007@hotmail.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...